Mostrando postagens com marcador Timbiras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Timbiras. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Entidade maranhense e organização suíça denunciam conflito agrário em Timbiras

 

Área de conflito em Timbiras.

A Federação dos Trabalhadores Rurais da Agricultura do Maranhão (Fetatema) e a organização suíça de desenvolvimento sustentável, Cooperaxion, enviaram nesta quarta-feira (9), um ofício ao governo do Maranhão denunciando o conflito agrário nas comunidades de Santa Vitória e Marmorana, localizadas na zona rural de Timbiras, cidade a 316 km de São Luís.


No documento, as entidades alegam que cerca de 400 famílias de trabalhadores rurais, incluindo idosos e crianças, estão sendo violentamente ameaçados há cerca de dois meses por um empresário que alega ser dono das terras.


Em 1999, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) abriu um procedimento para desapropriar a área em favor das comunidades localizadas no território étnico Campestre. As famílias vivem há mais de 40 anos na região.


Em outubro, homens armados chegaram a invadir as terras com máquinas e destruíram parte da vegetação nativa da área, usada por muitas famílias para a agricultura familiar e de subsistência. Um boletim de ocorrência chegou a ser registrado, mas nenhuma ação foi tomada.


Em novembro, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), autorizou o empresário a derrubar a vegetação nas comunidades. Uma ação movida na Justiça do Maranhão pelas famílias manteve a posse das terras e determinou a paralisação imediata da devastação.


Entretanto, mesmo com a determinação, os conflitos na região se tornaram mais violentos e intensos, e as famílias temem pela por sua integridade física. Por conta da violência e dos ataques sofridos pelas famílias, a Arquidiocese de Coroatá e o embaixador suíço no Brasil, Andrea Semadeni estão acompanham o caso.


"As famílias estão muito preocupadas, porque mesmo tendo a seu favor uma decisão judicial oriunda da Comarca de Timbiras datada do mês de outubro deste ano, vários invasores continuam destruindo as áreas destinadas ao plantio de mandioca, de milho, de arroz e temem por sua integridade física. É importante destacar que já houve várias ameaças às famílias, inclusive ameaças de morte, homens armados, inclusive foi objeto de registro de ocorrência policial e a situação geral nas duas comunidades é de alta tensão", disse Diogo Cabral, advogado das famílias.

 Do G1MA.

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Polícia Militar recupera celular roubado e apreende espingarda em Timbiras

Material apreendido.

Nesta quinta-feira (17), Policiais Militares do 17º Batalhão recuperam celular roubado, apreendem espingarda e prendem suspeito durante ação realizada no Município de Timbiras – MA.

Por volta das 19 horas um homem foi conduzido e apresentado à delegacia de Timbiras após roubo à residência, portanto arma de fogo (Espingarda).

O autor confessou o crime informando a localização da arma de fogo e do celular, que foram recuperados e entregues a Delegacia de Polícia para providências.

PMMA.

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Prefeito de Timbiras é condenado pelo TCU por irregularidades na prestação de contas


O prefeito de Timbiras, Antônio Borba Lima, amargou mais uma derrota na Justiça, dessa vez por parte do Tribunal de Contas da União (TCU). O gestor Timbirense já acumula sucessivas derrotas no judiciário, e desta vez os Desembargadores analisaram uma ação proposta pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em razão da omissão no dever de prestar contas dos recursos recebidos do Programa Brasil Alfabetizado.

Em acordão, os Desembargadores do Tribunal de Contas da União, com base nas provas colacionados nos autos, resolveram impor mais uma condenação a Antônio Borba, julgando irregulares suas contas, e aplicando ainda uma multa no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), com prazo de 15 dias para pagamento.

Portanto, o prefeito teve suas contas julgadas irregulares, por ato omissivo praticado, segundo a denuncia que ensejou a condenação, com verbas da educação, mas precisamente do Programa Brasil Alfabetizado. O nome do Programa Federal já é claro em deixar a ideia de que as verbas deverão ser aplicadas em sua totalidade para alfabetizar as crianças, jovens e até adultos que carecem ser alcançados através da alfabetização, em um país onde ainda temos um déficit na educação. Uma condenação dessas cai mal ao prefeito, pois passa a ideia de que a educação não é prioridade em sua gestão, uma vez que atos como esses destoam dos princípios basilares que devem nortear os atos da administração pública.

A condenação também foi imposta ao ex-prefeito Fabrizio Araújo, que terá que devolver R$ 15 mil aos cofres públicos.

Do Blog do Marco Silva.

segunda-feira, 23 de março de 2020

Homem é assassinado em Timbiras quando se encontrava com a ex-mulher


O homem identificado como Wellington José Borges, residente na cidade de Coroatá, foi assassinado a facadas quando se encontrava bebendo com a ex-mulher em uma festa, por volta das 19h30 desse domingo (22), no povoado Mil Braças, na zona rural da cidade de Timbiras.

Pelas informações, o crime teria sido motivado por ciúmes. O assassino, identificado como Luiz Filho da Silva, de 23 anos, ficou revoltado quando encontrou a companheira com seu ex-marido.

Ao chegar ao local, de imediato, o assassino partiu para cima de Wellington Borges, desferindo facadas. Uma delas atingiu o pescoço da vítima.

Wellingto, que seria locutor na cidade de Coroatá, morreu no local de hemorragia provocada pelas facadas. Após o crime, o assassino fugiu e está sendo procurado pela polícia.

Do Blog do Gilberto Lima.

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Em Timbiras, única viatura da PM quebra e deixa de rodar

Única viatura da PM está sem pneus, sem placa e parou de
rodar em Timbiras — Foto: Reprodução/TV Mirante

A única viatura da Polícia Militar quebrou e deixou de rodar na cidade de Timbiras, a cerca de 195 km de São Luís. A viatura sucateada chama a atenção da população na cidade. Os mais de 30 mil habitantes estão preocupados.

"Está triste. E se acontece alguma coisa na rua? Como eles vão sair para alguma diligência sem viatura?", afirmou o lavrador Wagner Farias.

"Na hora de um roubo, cadê os policiais? Cadê as viaturas?", reclamou o mototaxista Arias Roma.

Atualmente, o veículo está sem placa e os pneus estão carecas. Segundo os moradores, por um tempo os policiais ainda usavam a viatura, mesmo com tantos problemas. Porém, nos últimos dias, os policiais deixaram de se arriscar e encostaram a viatura em frente ao quartel da PM da cidade.

"Acontece uma coisa em um bairro e não tem socorro. As viaturas estão quebradas e é só uma para fazer. Não se resolve", declarou o vendedor Domingos Alves.

Atualmente, resta aos quatro policiais que atuam na cidade realizarem patrulhamento em duas motos, mas até isso a população reclama.

"E se por acaso acontecer um caso errado, como é que vão correr atrás só de moto, pegar uma pessoa e trazer? Amarrado? Teriam que trazer dentro do carro", questionou o lavrador Antonio Pedro.

Do G1MA.