Ads 468x60px

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Tiquira, cachaça artesanal de Urbano Santos, será produzida de forma industrial

Tiquira, cachaça artesanal de Urbano Santos, será produzida de forma industrial — Foto: Reprodução/ TV Mirante.

Produzida da mesma forma há 100 anos, no vilarejo de Guaribas, zona rural do município Urbano Santos, a 260km de São Luís, a cachaçada artesanal começará a ser produzida em escala industrial.

A bebida tem conquistado, cada vez mais, consumidores ao redor do país, incluindo os restaurantes mais sofisticados de São Paulo. Para o produtor Florêncio Maciel de Araújo, antes mesmo da tiquira ganhar status industrial, a tiquira já mudava a vida das famílias da zona rural maranhense.

"Quem vive da roça como nós vivemos tem que arrumar dinheiro para sobreviver. Essa é uma renda mais bem estruturada que entra nas famílias que lutam com a tiquira", disse.

A tradicional bebida maranhense já conquistou prêmios em Hong Kong (China) e Bruxelas (Bélgica). Para os 23 produtores do vilarejo Guaribas, a busca pela ampliação de mercado ficou mais fácil com a criação de uma cooperativa e com a construção dessa fábrica, com recursos da prefeitura de Urbano Santos.

"Depois de descobrir o potencial do povoado Guaribas referente à produção de tiquiras, pensou-se em produzir industrialmente, mas sem perder o sabor da tiquira do Maranhão, sem industrializar demais", explicou Priscila Fautino, da secretaria de adricultura de Urbano Santos.

Com europeus na lista de clientes fieis, o consumo da tiquira pede cuidado em razão do teor de álcool. A dica é do produtor Raimundo Rodrigues da Silva, que produz tiquira e fala com conhecimento de causa. "Quando a gente vem da roça com sangue quente, 'toma uma' para esfriar. Quando tá chovendo, 'toma uma' para esquentar. Quem gosta de beber sempre tem uma desculpa", brincou.

Do G1MA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O titular deste blog não se responsabiliza pelos comentários aqui feitos, por tanto, seja moderado e não ofenda ninguém!