quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Acusado de homicídio é condenado a mais de 21 anos de prisão, no Maranhão

Imagem ilustrativa.


O Tribunal do Júri da Comarca de São Raimundo das Mangabeiras condenou, em 12 de setembro, Reney Gomes de Brito, a 21 anos e 11 meses de prisão pelo homicídio de Wildson Resplandes de Sousa, cometido em 31 de julho de 2017.

Defendeu a tese do Ministério Público do Maranhão o promotor de justiça Thiago Carvalho Rohrr. Proferiu a sentença o juiz Haniel Sóstenis.

Usando um facão, Reney Reis Gomes de Brito atingiu a vítima na cabeça e pelas costas. Depois de caído ao solo, Wildson de Sousa ainda foi golpeado três vezes nas costas e morreu em decorrência das perfurações. Reney teve a ajuda de outros três indivíduos, sendo dois adolescentes à época dos fatos.

Os jurados reconheceram as duas qualificadoras apontadas pelo Ministério Público: meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Redação: CCOM-MPMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O titular deste blog não se responsabiliza pelos comentários aqui feitos, por tanto, seja moderado e não ofenda ninguém!