quarta-feira, 22 de maio de 2019

Agente penitenciário confessa ter matado professora para não pagar dívida de R$ 2 mil

Agente Penitenciário preso.
O agente penitenciário Márcio Jorge Lago Marques, confessou ter matado a professora Rosiane Costa dentro da casa em que morava com a atual esposa no bairro Turu, em São Luís. Ele manteve um relacionamento por aproximadamente dois anos e durante esse período, a vítima havia lhe emprestado R$ 2 mil.

Mesmo após o término do relacionamento, a professora, segundo o acusado, estava lhe cobrando o dinheiro do empréstimo com insistência, por essa razão, o agente penitenciário planejou matar a ex.

Ele atraiu a vítima até sua residência no Turu e a matou. Após ter matado a professora, como o agente iria buscar a esposa que trabalha na UPA do Bacanga, entrou dentro da UFMA e descartou o corpo de Rosiane Costa.

Após desovar o corpo da ex-namorada, deslocou-se á um caixa eletrônico, sacou R$ 1 mil da conta da vítima e ainda fez uma compra de R$ 600 em um supermercado na região do Itaqui-Bacanga.

Do Blog do Luís Cardoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O titular deste blog não se responsabiliza pelos comentários aqui feitos, por tanto, seja moderado e não ofenda ninguém!