Mostrando postagens com marcador Hackers. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Hackers. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Operação apreende mais de R$ 60 mil em casa de suspeito de integrar quadrilha de hackers


Dinheiro encontrado.


Uma operação da Superintendência de Combate ao Crime Organizado (Seic), da Polícia Civil e representantes do Ministério Público Estadual (MPE), cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de um suspeito de integrar uma quadrilha de hackers. A ação é uma continuidade da operação Ostentação, realizada esta semana em várias cidades do Maranhão.

A ação policial que resultou na apreensão foi realizada nesta quinta-feira (17), na residência localizada na rua Alagoas, entre as ruas São José e avenida JK, bairro Santa Rita, em Imperatriz.


De acordo com uma nota divulgada pela Policia Civil, na casa foram apreendidos cerca de R$ 63 mil em espécie, celulares, notebooks, dispositivos de rede e material de informática. O dinheiro estava escondido em uma parede falsa.

Na ocasião, uma pessoa foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e por lavagem de dinheiro. A polícia também foi a uma loja de informática situada no bairro Nova Imperatriz, que seria de propriedade do suspeito que não teve o nome divulgado.

 Do G1 MA.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Operação da Polícia Civil cumpre 58 mandados de prisão contra quadrilha de hackers


Operação da Polícia Civil.
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, na manhã desta quarta-feira (16), a segunda fase da Operação “Ostentação”, que tem intuito de combater uma quadrilha de hackers, suspeita de causar um prejuízo de R$13 milhões ao Nubank. Ao todo, 58 mandados de prisão e mais de 90 de busca e apreensão serão cumpridos ao longo do dia.

Cerca de 280 policiais civis participam da Operação nos municípios de Imperatriz, São Luís, Governador Nunes Freire, Açailândia, Carolina, São João do Paraíso, Cidelândia, Davinópolis, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e João Lisboa. Além do Maranhão, a Operação acontece no Tocantins (TO), nas cidades de Augustinópolis e São Bento; e em Goiás (GO), na cidade de Aparecida de Goiânia.

Em Imperatriz, os presos serão levados ao Colégio Militar Tiradentes, onde haverá entrevista coletiva com o Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, com participação do delegado geral de Polícia Civil, Armando Pacheco, delegado geral adjunto operacional, Danilo Veras, o coordenador da operação e chefe do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC), delegado Odilardo Muniz, e outros delegados responsáveis pela operação.

Do Portal MA10.