Mostrando postagens com marcador Falso Médico. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Falso Médico. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Falso médico é preso no interior do Maranhão

Homem é preso por exercício ilegal da
medicina no interior do
Maranhão. — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão.


Nessa quinta-feira (22), um homem foi preso em flagrante, suspeito de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, na cidade de Dom Pedro, a 324 km de São Luís.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão, por meio de levantamentos feitos na Delegacia de Dom Pedro, foi possível identificar que o homem estava atuando como médico no Hospital Municipal da cidade sem ter formação nem validação de diploma para exercício da medicina no Brasil.

Ainda de acordo com as investigações, o suspeito, que não teve o nome divulgado, utilizava um CRM pertencente a um médico que atua no Estado de Pernambuco, o que configura o crime de falsidade ideológica.

O  homem foi preso dentro do Hospital Municipal de Dom Pedro, quando prestava atendimento.

O preso foi autuado em flagrante delito pelos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina, sendo posteriormente encaminhado para o sistema prisional de Presidente Dutra.

Do G1MA.

sábado, 31 de agosto de 2019

Falso médico é preso no Maranhão

Falso médico preso.


Policiais da Delegacia de Bom Jardim prenderam em flagrante, na tarde dessa quinta-feira (29), Antônio Pedro da Silva Sousa, de 51 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele é natural do Tocantins e vinha exercendo a profissão de médico irregularmente.

Ele vai responder pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso, previstos nos artigos 299 e 304 do CPB, respectivamente.

A prisão foi realizada na residência dele, na cidade de Pinheiro, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante. Ele vai responder, ainda, por exercício ilegal da medicina.

No mandado de prisão, expedido pela Vara Única de São João Batista, constava o nome de Antônio Jorge Matias Alves, outra identidade falsa que o autuado usava.

As Investigações iniciaram após a delegacia de Bom Jardim tomar conhecimento de que Antônio Pedro estava usando documentos falsos e trabalhando como médico no Hospital Municipal de São João do Caru, onde clinicava e realizava cirurgias, inclusive cesarianas. 

No CRM falso consta o nome de Antônio Augusto Pinto Ribeiro Filho, um médico do Rio de Janeiro, já falecido em 1994.

Antônio Pedro disse ser Técnico em Enfermagem e que se cursou Medicina na Universidad Autónoma Gabriel “René Moreno”, em Santa Cruz, na Bolívia.

Ele já foi preso outras vezes, inclusive na cidade de Nova Iorque, no Maranhão, quando usava o nome falso de Marco Aurélio Monteiro Araújo.

A Polícia Civil do Maranhão vem realizando investigações de denúncias de que falsos médicos estão atuando em hospitais e clínicas no interior. Eles seriam contratados para substituir médicos habilitados nessas unidades de saúde.

Do Blog do Gilberto Lima.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Polícia Civil prende falso médico que aplicou golpes em Vargem Grande, Chapadinha, Coroatá e Itapecuru Mirim

Falso Médico preso no Maranhão.


A polícia prendeu na terça-feira (16) no município Itapecuru Mirim, a 108 km de São Luís, Otoniel de Araújo Lustosa Filho, de 25 anos, pelo crime de estelionato. Ele estava se passando por médico e aplicando golpes no interior do estado.

Segundo a polícia Otoniel de Araújo, que é natural da cidade de São Benedito do Rio Preto, a 240 km da capital, estava se passando por um médico ortopedista e já teria aplicado golpes em vários estabelecimentos de Chapadinha, Vargem Grande, Coroatá e Itapecuru Mirim.

De acordo com os policiais Otoniel foi preso na agência dos Correios, situada no centro de Itapecuru Mirim, onde ele surpreendido com nomes e endereços falsos retirando mercadorias do local.

Otoniel de Araújo Lustosa Filho foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Itapecuru Mirim, onde ficará à disposição da Justiça.

Do G1 Maranhão.