quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Operação da Polícia Civil cumpre 58 mandados de prisão contra quadrilha de hackers


Operação da Polícia Civil.
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, na manhã desta quarta-feira (16), a segunda fase da Operação “Ostentação”, que tem intuito de combater uma quadrilha de hackers, suspeita de causar um prejuízo de R$13 milhões ao Nubank. Ao todo, 58 mandados de prisão e mais de 90 de busca e apreensão serão cumpridos ao longo do dia.

Cerca de 280 policiais civis participam da Operação nos municípios de Imperatriz, São Luís, Governador Nunes Freire, Açailândia, Carolina, São João do Paraíso, Cidelândia, Davinópolis, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e João Lisboa. Além do Maranhão, a Operação acontece no Tocantins (TO), nas cidades de Augustinópolis e São Bento; e em Goiás (GO), na cidade de Aparecida de Goiânia.

Em Imperatriz, os presos serão levados ao Colégio Militar Tiradentes, onde haverá entrevista coletiva com o Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, com participação do delegado geral de Polícia Civil, Armando Pacheco, delegado geral adjunto operacional, Danilo Veras, o coordenador da operação e chefe do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC), delegado Odilardo Muniz, e outros delegados responsáveis pela operação.

Do Portal MA10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O titular deste blog não se responsabiliza pelos comentários aqui feitos, por tanto, seja moderado e não ofenda ninguém!