quarta-feira, 17 de junho de 2020

Empreendedores do Maranhão têm condições especiais ofertadas pelo BASA para superar a crise

Banco da Amazônia.

O Banco da Amazônia (Basa) criou condições especiais para os empreendedores maranhenses que precisam de apoio para superar a crise gerada pela pandemia da COVID 19. Uma dessas medidas foi a flexibilização das regras para a suspensão do pagamento de parcelas de financiamento de operações de crédito de pessoas físicas e jurídicas, por um prazo de seis meses, para quem optar pela prorrogação.

A medida se destina a empréstimos e financiamentos contratados até fevereiro de 2020, deslocando as parcelas com vencimentos nos próximos meses por até 6 meses, permitindo ajustes nos fluxos de caixa, contribuindo para a redução dos efeitos temporários do coronavírus.

Alinhada à Resolução nº 4.782, do Conselho Monetário Nacional (CMN), e às políticas públicas do Governo Federal, a medida beneficiará um total de 150 mil clientes da Instituição, incluindo os do Maranhão. Os clientes devem fazer a adesão até 30 de setembro, o que pode ser feito por meio do site www.bancoamazonia.com.br.

Os empreendedores também podem contar com linhas de crédito específicas e competitivas ofertadas pelo Basa. Este é o caso do Giro Essencial, voltado ao aporte de recursos de capital de giro para micro e pequenas empresas e empresários individuais. O Giro Essencial oferece uma série de vantagens aos clientes, podendo ser acessado de forma simples e rápida.

Por conta da pandemia, o banco ampliou o prazo de carência de um para até quatro meses e o prazo de pagamento de 24 para até 48 meses para quem quiser contratar o Giro Essencial. Nessa linha, o pagamento mensal é ajustado ao fluxo de caixa, os encargos financeiros são pré-fixados e são pedidas garantias.

Outra linha importante do Basa para as pessoas jurídicas e empresários individuais que precisam de capital de giro é o Giro Amazônia. Com prazo flexibilizado para se ajustar a capacidade de pagamento do tomador, essa linha oferece prazo para pagamento de, no mínimo, quatro meses e máximo de 60 meses. O bancou também dobrou a carência do Giro Amazônia, passando de 60 dias para quatro meses para possibilitar o ajuste do fluxo de caixa, antes de o empreendedor iniciar o pagamento da primeira parcela. Os encargos do financiamento podem ser pré ou pós-fixados, sendo também pedidas garantias ao cliente.

Serviço: Condições especiais oferecidas pelo Banco da Amazônia para os empreendedores maranhenses.Local: Agências do Banco da Amazônia no Maranhão
Sugestão de Entrevista: Superintendente regional Diego Santos Lima
Superintendente Regional: (98) 98401-9628
Estágiaria de Comunicação Nelyane Gomes: (98) 9966-8513
Assessoria de Imprensa do Banco da Amazônia: (91) 40083491

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O titular deste blog não se responsabiliza pelos comentários aqui feitos, por tanto, seja moderado e não ofenda ninguém!